Unimed Sustentável
Principal » Notícias » Saúde  |   Notícia publicada em 10/09/15 às 09:53

5 cuidados no berço do bebê

É preciso ter cautela, inclusive com acessórios que parecem inofensivos e que são comercializados como algo destinado ao conforto do bebê

5 cuidados no berço do bebê

 

Em junho de 2015, o Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), com base nos registros de acidentes cadastrados no Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo, solicitou que fosse suspendido o registro e retirado do mercado brasileiro um determinado modelo de berço dobrável para bebês, devido ao risco de asfixia. A determinação serve de alerta para os pais durante momento de escolher um berço. Conforme o Inmetro, as medidas seguras são:

 

- Grade lateral do berço: o espaçamento deve ter no máximo 6,5 cm.

- Estrado e as laterais do berço: entre um e o outro a distância não deve ultrapassar 2,5 cm e a altura deve ser de, no mínimo, 60 centímetros.

 

Os acessórios que comumente são incorporados ao berço também precisam de atenção, pergunte ao pediatra o que é adequado para o bebê e procure saber a opinião de pessoas que adquiriram o produto. Um dos aliados nesta busca de informações é a internet, geralmente os sites que comercializam produtos possuem a opção para que o comprador deixe comentários. Vale a pena conferir as avaliações.

 

Separamos cinco cuidados que são unânimes entre os pediatras. Veja!

 

 

 

 

 

 

Fonte: Site Mil Dicas de Mãe / Sociedade Brasileira de Pediatria

 

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.



Avenida Transcontinental, 1019 - Centro - Ji-Paraná - Fone: (69) 3411-3800Desenvolvimento de Websites